Selecione a página

Verdades Incovenientes

Verdades Incovenientes

Dentre a pletora de mitos que abundam no que se convenciona chamar “meio BDSM” está o da figura do Top como figura toda poderosa que possui conhecimento sobre todas as coisas, é cercado de bottoms que competem e disputam sua atenção. Quase um soberano. A recente literatura e mídia não ajudaram muito a desmanchar essa imagem.

Pois bem…cá do alto do meu trono…ué? Cadê? eu sou Top, deveria ter um trono aqui em algum lugar…Bom, vou falar aqui da cadeira do meu escritório mesmo, em frente ao computador.

Eu me sinto meio estranho sabe… vou confessar aqui minhas manias esquisitas de Top. São muito mais bizarras do que o que vocês lêem nas redes sociais, portanto, preparem o estômago.

Eu costumo considerar as pessoas que conheço como pessoas antes de saber como se posicionam. Já imaginaram isso? Falar sem saber se ela é bottom, switch, top… Não é esquisito isso?

Mas tem sempre as bottoms mais afoitas, que já se anunciam como submissas, escravas, brats, little.. Sabe o que eu faço? Ha!

Mulher nua, ajoelhada com os braços estendidos

Seria uma das centenas de bottoms ?

Eu continuo tratando-as normalmente, não ordeno que façam nada, não peço que me chamem de Senhor, não uso caixa alta nos textos, nem digo quantos anos eu tenho de BDSM… digo que BDSM não é so D/s…Eu avisei, não avisei? Só coisa pesada!

Mas não para por aí… Eu não aprendo as coisas no YouTube não! Eu pesquiso me informo, leio e tento entender sobrea as práticas que gosto…demora! eu leio, falo com pessoas mais experientes, faço cursos treino.

Aqui a coisa começa a ficar heavy…porque eu procuro saber até um pouco de anatomia, para saber onde passar as cordas, onde bater, como usar instrumentos…e até as consequências que podem vir do mau uso.

E depois de tudo isso…caso eu vá criara um relacionamento com alguém, eu ouço…entendo estudo como a mente dela funciona, como o corpo dela funciona e tento ver se os desejos dela batem com os meus…Eu não imponho nada até que tenhamos decidido ir em frente.

Vou dar uma pausa aqui. Vocês devem estar chocados(as), eu sei. Mas não foi falta de aviso.

Não é à toa que não sou aplaudido e seguido por multidões…reverenciado…nem Título Reluzente em negrito eu uso…uma pessoa realmente pervertida

Minhas idéias giram em torno de fazer as pessoas se questionarem, pensarem…respeito, consideração. Eu não defendo absolutos, não acho que existe uma única verdade, não acho que devo ser ouvido por meu tempo ou posição.

Agradeço aos que conseguiram ler essas verdades inconvenientes até aqui. Sou esse cara na contramão. Que gosta de conversar, ouvir, argumentar. Mas precisava desabafar. Ser hardcore assim é muito pesado.

Agora vou ver se acho o tal do trono…deve estar aqui em algum lugar…

mão ajustando cadeira de escritório

Sobre o autor

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Pin It on Pinterest

Share This