Select Page

O Silêncio do Mundo

O Silêncio do Mundo

Fala-se tanto de bases tríades protocolos, posições práticas…E as pessoas? E o que se passa dentro delas?

O desejo, a vontade…o prazer… (Para os desavisados, prazer não existe somente no sexo. Para os aproveitadores, eu não estou falando de BDSM sem sexo. Para de pensar besteira e lê. Ou não, procure um texto que lhe agrade mais).

Eu percebo que há tanta preocupação com o certo e errado com o que deve e o que não deve ser. Acho que teríamos um mundo mais interessante com pessoas vivendo suas vidas, com seus altos e baixos, e se preocupando menos com a dos outros.

Aquele(a) que se regozija na dor, seja ela breve ou extrema, precisa entender como fazer isso de forma segura e sem exageros. Depois que tiver clareza, ache a(o) outra(o) cujo êxtase está em provocar essa dor não pelo ato em si, mas pela sensação de poder e prazer que isso provoca ao testemunhar a reação que provocou, retroalimentando um círculo, uma espiral crescente de…prazer.

Aos(às) que se deliciam em provocar, instigar e tentar às outras(os) que se locupletam em serem testados, cutucados, incitados, que cresçam daí para momentos indescritíveis.

Às(aos) que se elevam em cuidar, servir, se dispor e entregar aos (às) que protegem, exigem, comandam e se deleitam na propriedade do desequilíbrio equilibrado da verticalidade, que sejam felizes com todo rigor que lhes satisfizer.

E a tantas outras combinações, onde um lado, consciente de quem é de seus limites se entrega a outro lado que se entrega consciente da responsabilidade de ter em seu poder a intensidade que o outro lhe oferece, que sejam imensamente recompensados em suas escolhas.

Mas, por favor. Não façam delas as únicas. Não clamem suas formas de coexistir como únicas. Não imponham sua maneira a outras(os). Não invejem, busquem. Não desanimem, por mais árido que o horizonte pareça. Não se entregue a qualquer um(a) porque a opção ainda não apareceu. Não aceite qualquer um(a) porque é ruim ficar só.

Nada contra a casualidade e a aventura. Mas essa, tem que ser serena e com qualidade, mesmo que efêmera

Acreditem. Um belo dia o mundo vai parar no meio de algum lugar belo ou simples, o melhor possível. Esse dia belo pode ser um dia de chuva lá fora, mas com um encontro do lado de dentro. Não importa. Nesse dia, nesse momento você irá estar com alguém que irá estar com você, e tudo que você ouvirá será o silêncio do mundo. E nada mais irá importar.

Esse encontro ficará para sempre com você. Se conseguir multiplique-o e viva esses momentos o quanto puder. Eles são o que importa.  As letrinhas, as posturas, as teorias as práticas são os fundamentos. Sem eles é complicado, e pode ser muito ruim e inseguro.

Mas sem a intensidade de quem somos, tudo é vazio. Nunca percam de vista o que lhes faz ascender ao prazer. E ouçam, com muita atenção e com todo seu ser, o silêncio cheio do som da sua vida.

Homem atrás de uma mulher, segurando-a pelos seios e pelo pescoço

About The Author

Leave a reply

Your email address will not be published.

Pin It on Pinterest

Share This