Select Page

Autor

Shadoweaver

Shadoweaver

Como me descrever? Nada mais parcial que isso… Vamos lá: Inteligente, sarcástico, irônico, meu senso de humor é um grande indicador de meu estado de espírito. Se me vir sério demais, corra. Não aprecio exageros de nenhuma espécie, nem mesmo os bons, por isso acho que sou meio chato. Não chego a ser um chato inteiro.

Minha paixão pelas cordas vem da infância. Meu boneco Falcon vivia em armadilhas e as bonecas Suzi da filha da empregada (é, sou desse tempo) viviam amarradas.

O papel do Kinbaku/BDSM em minha vida foi parte do meu processo de crescimento e formação de minha personalidade. Não foi fácil, como não é para nenhuma pessoa com os mesmos interesses.

Comecei tentando imitar as fotos que via, até descobrir que existiam diferenças entre o jeito ocidental e oriental de amarrar. Obviamente, minha preferência recaiu sobre o lado oriental, mas sem detrimento ou preconceito do lado ocidental.

Minha convivência com “o meio” vem desde os tempos do grupo BDSM Rio original, do qual me afastei após alguns anos, tendo então me dedicado a encontros esporádicos e mais recentemente a meu blog, que busca dar informação aos iniciantes e mostrar que não existe uma verdade absoluta no BDSM.

Sou Dominador, praticante e instrutor da arte do Kinbaku, conhecimento que gosto de compartilhar de vez em quando. Aprendi efetivamente as técnicas com Esinem, que por sua vez aprendeu com grandes mestres japoneses.

Recentemente prestei consultoria ao seriado “Dupla Identidade”, da TVGlobo, trabalhando para que as concepções artísticas fossem as mais próximas da realidade do kinbaku

Continuo aprendendo a cada dia.

 

Marcus Silver

Pin It on Pinterest

Share This